segunda-feira, 14 de dezembro de 2020
Austin atribui o rating ‘brA(sf)’ para a 44ª Série da 1ª Emissão de CRIs da Travessia – Risco PPP Habitacional; perspectiva estável
A Austin Rating informa que, no dia 07 de dezembro de 2020, de dezembro de 2020, atribuiu o rating ‘brA(sf)’ para a 44ª Série da 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs/Emissão) da Travessia Securitizadora S/A (Travessia/ Emissora). A perspectiva do rating é estável. A Emissão atinge o montante de R$ 44.440.000,00. O prazo total previsto é de 182 meses, com o primeiro pagamento de juros e amortização do principal a ser realizado em dez/20 e as demais parcelas a serem pagas sucessivamente em periodicidade mensal. Os CRIs serão atualizados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA/IBGE), anualmente no mês de fevereiro, e acrescidos da taxa de juros de 6,0% ao ano. Esta série de CRIs tem lastro em 01 Cédula de Crédito Imobiliário (CCI) de emissão da Travessia Securitizadora, a qual terá como base os créditos oriundos da Parcela C (Créditos Imobiliários) referentes a contraprestações devidas pela construção de imóvel destinado ao funcionamento de um imóvel onde funcionará uma creche (Imóvel/Creche), localizado no Complexo Júlio Prestes Quadra 50, localizado na região Central da cidade de São Paulo. Os Créditos Imobiliários têm como base o Contrato SH Nº 001/2018, que se refere à Parceria Público Privada para Concessão Administrativa cujo objeto é a implantação de habitações de interesse social e de habitações de mercado popular na região central da cidade de São Paulo e a prestação de serviços de desenvolvimento de trabalho social de pré e pósocupação, de apoio a gestão condominial, gestão de carteira de mutuários e de manutenção predial (Contrato de PPP), assinado em mar/15. O Contrato de PPP foi assinado entre o Governo do Estado de São Paulo, na qualidade de poder condecente (GESP/Concedente); a PPP Habitacional SP Lote 1 S/A (PPP Habitacional/Concessionária), na qualidade de concessionária; a Companhia Paulista de Parcerias (CPP/Fiadora), na qualidade de fiadora; e, como interveniente, a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU/Interveniente).