terça-feira, 24 de novembro de 2020
Austin remove a observação negativa e afirma o rating ‘brB+(sf)’ das Cotas Subordinadas Júnior A do Credere FIDC; perspectiva estável
A Austin Rating informa que, no dia 20 de novembro de 2020, no contexto do monitoramento relativo ao 3T20, afirmou o rating ‘brB+(sf)’ das Cotas Subordinadas Júnior de Classe A (Cotas Subordinadas Júnior A) do Credere - Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multissetorial (Credere FIDC/ Fundo). A observação negativa foi removida nesta data, dando lugar à perspectiva estável. A remoção da observação negativa e a afirmação da classificação levaram em conta o bom desempenho do Fundo, notadamente na diminuição do nível de atrasos, valorização das Cotas Subordinadas Júnior, além do enquadramento aos parâmetros Regulamentares como, por exemplo, a participação mínima de Direitos Creditórios sobre o PL. A Austin Rating continua atenta ao atual cenário econômico causado pela pandemia da COVID-19 e aos possíveis impactos no Credere FIDC, para o qual a originação de créditos é feita, principalmente, por empresas vulneráveis ao ciclo econômico recessivo pelo qual a economia brasileira atravessa, que pode se agravar ante a possibilidade de chegada de uma nova onda de contágio do novo coronavírus e o fim do auxílio emergencial do Governo Federal.