quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020
Austin atribui os ratings ‘brBB(sf)’ e ‘brBB-(sf)’, respectivamente, para as Séries Seniores (283ª e 285ª) e às Séries Subordinadas (284ª e 286ª) de CRIs da 1ª Emissão da Fortesec, com risco Solar Pedra da Ilha
A Austin Rating informa que, no dia 28 de janeiro de 2020, atribuiu os ratings de crédito de longo prazo ‘brBB(sf)’ para as 283ª e 285ª Séries (Séries Seniores) e ‘brBB-(sf)’ para as 284ª e a 286ª Séries (Séries Subordinadas) da 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs/ Emissão) da Forte Securitizadora S/A (Fortesec/ Emissora/ Estruturador). As classificações possuem perspectiva estável. Os CRIs são lastreados em 1.454 Cédulas de Crédito Imobiliário (CCIs/ Crédito Lastro), cada uma que representa um Instrumento Particular de Contrato de Concessão Real de Uso e Outras Avenças (Contrato de Concessão de Direito de Uso/ Contratos). Tais Contratos têm por objeto o direito de uso compartilhado (Fracionado), por período pré-determinado, da respectiva unidade do Solar Pedra da Ilha (Empreendimento) por seus titulares (Devedores). O Empreendimento é de propriedade da WO Administradora de Bens S/A (WO/ Cedente) e está sendo desenvolvido no município de Penha-SC. Trata-se de um edifício com 105 apartamentos racionados em aproximadamente 24 cotas (Frações/ Cotas Imobiliárias), comercializadas na modalidade de multipropriedade, totalizando 2.550 frações (Cotas/ Frações Imobiliárias) comercializadas a um valor médio de R$ 35,7 mil, portanto, com valor geral de vendas (VGV) potencial de R$ 91,1 milhões. As CCIs alcançam montante total de R$ 44,9 milhões (Valor de Cessão) que deram lastro à Emissão. O fluxo financeiro fruto das obrigações relativas aos Contratos, portanto, das CCIs, são caracterizados como Créditos Imobiliários atuais e futuros decorrentes de comercializações de Frações Imobiliárias em substituição a Contratos cancelados (Créditos Cedidos Fiduciariamente), bem como direitos de crédito decorrentes de Contratos já firmados (Créditos Imobiliários, e, em conjunto com os Créditos Cedidos Fiduciariamente, Créditos Imobiliários Totais). Conforme definido no Termo de Securitização (TS), a Emissão contempla um principal total de R$ 26,0 milhões, e guarda as seguintes características, de acordo com as Séries emitidas: (i) a 283ª (Sênior I) e a 285ª (Sênior II) Séries perfazem 18.200 CRIs, valor global de R$ 18,2 milhões e remuneração esperada de 11,3% ao ano; e (ii) a 284ª (Subordinado I) e a 286ª (Subordinado II) Séries perfazem 7.800 CRIs, principal total de R$ 7,8 milhões e remuneração de 18,9% ao ano sobre o saldo atualizado pelo IPCA. Os CRIs têm periodicidade de pagamento mensal e prazo total de 48 meses, com vencimento previsto para set/24.