segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019
Austin rebaixa, de ‘brA+(sf)’ para ‘brA(sf)’, o rating da Série 2010-186 da 1ª Emissão da Brazilian Securities – Risco Pulverizado
A Austin Rating informa que, no dia 30 de janeiro de 2019, rebaixou, de ‘brA+(sf)’ para ‘brA(sf)’, o rating dos Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs/CRIs Seniores/Emissão) da Série 2010-186 da 1ª Emissão da Brazilian Securities Companhia de Securitização (Brazilian Securities / Emissora); a perspectiva do rating é estável. O rebaixamento da classificação decorre, principalmente, da manutenção da Razão de Colateralização (RDC), entre o saldo devedor do ativo lastro e o saldo devedor dos CRIs Seniores, ainda abaixo de 100,0%, ou seja, sem margem de sobrecolaterização. Esta RDC que se apresentava em 90,2% no monitoramento anterior está em 93,7% no atual monitoramento.