segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018
Austin afirma e retira os ratings das Cotas do Moka Fund I FIDC NP
A Austin Rating informa que, afirmou e retirou, em 02 de fevereiro de 2018, os ratings de crédito ‘brA(sf)’ das Cotas Seniores, ‘brBBB-(sf)’ das Cotas Subordinadas Mezanino e ‘brB-(sf)’ das Cotas Subordinadas Júnior (Classes A e B) do Moka Fund I – Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Não Multissetorial (Moka Fund I FIDC NP / Fundo), atual denominação do Moka Fund I – Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Não Padronizado Multissetorial. A retirada das classificações se deu em razão da não renovação do contrato de prestação de serviços, de modo que a cobertura analítica pela Austin Rating está encerrada a partir da presente data. Essa agência chama a atenção para o fato de que, em 16 de janeiro de 2018, havia rebaixado as classificações das Cotas do Moka Fund I FIDC NP, em virtude, sobretudo, da elevação do risco para as Cotas, consequência da alteração do perfil da carteira. Tal alteração se deu notadamente com a aquisição pelo Fundo de Direitos Creditórios originados por Cedentes, Sacados, setores e títulos mais arriscados, após este veículo passar a ser um Fundo Não Padronizado (Fundo NP). O Moka Fund I FIDC NP apresentou também elevação na participação de pessoas físicas como Sacados, além de créditos representados por notas promissórias. O Moka Fund I FIDC NP encerrou dez/17 com Patrimônio Líquido (PL) de R$ 41,9 milhões, sendo este composto por R$ 26,8 milhões (ou 63,9%) em Cotas Seniores, R$ 7,7 milhões (ou 18,3%) em Cotas Subordinadas Mezanino e R$ 7,4 milhões (ou 17,8%) em Cotas Subordinadas Júnior. Naquela oportunidade, os Direitos Creditórios representavam 87,0% do PL. O total de atrasos era equivalente a 18,6% do PL, enquanto os créditos vencidos acima de 15 dias, subtraídos de PDD e somados às recompras, encerraram o período em 6,2% do patrimônio do Fundo.