sexta-feira, 15 de setembro de 2017
Austin rebaixa e mantém em observação negativa o rating das Cotas do GGR Prime I FIDC
A Austin Rating informa que, em 13 de setembro de 2017, rebaixou, de ‘brA(sf)’ para ‘brA-(sf)’, e manteve sob observação negativa o rating das Cotas (Classe Única) do GGR Prime I Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (GGR Prime I FIDC). O rebaixamento da classificação reflete a piora da qualidade de crédito da carteira do Fundo nos últimos meses, a qual foi influenciada, em grande medida, pela elevação do risco de refinanciamento e de inadimplemento de emissores de alguns ativos que a compõem, e para os quais existe, inclusive, tratativas para a repactuação dos termos, principalmente no cronograma de amortização e no prazo final de vencimento. A permanência do rating em observação negativa indica que há a possibilidade de um novo rebaixamento já no curto prazo e se justifica pela incerteza quanto ao sucesso da GGR na resolução das situações ligadas a esses ativos. Não obstante a possibilidade de rebaixamento da classificação no curto prazo, o perfil de risco das Cotas do GGR Prime I FIDC continua sendo largamente beneficiado pela presença de garantias de imóveis nas operações que integram sua carteira, tendo em vista que, mesmo a despeito dos eventuais inadimplementos dos emissores, tais ativos oferecem expectativas de recuperações elevadas, o que reduz, sobremaneira, o risco de perda para aquele veículo. A posição de liquidez do Fundo ainda é confortável, aspecto que, associado à expectativa de considerável recuperação em eventuais casos de default dos emissores e/ou de insucesso nas repactuações já em curso, ajuda a sustentar a classificação momentaneamente.