quarta-feira, 30 de agosto de 2017
Austin eleva, de ‘brA+(sf)’ para ‘brAA-(sf)’, o rating da Série 2011-221 da 1ª Emissão de CRIs da Brazilian Securities; perspectiva estável
A Austin Rating informa que, por decisão de seu Comitê de Classificação de Risco, em reunião realizada no dia 25 de agosto de 2017, elevou, de ‘brA+(sf)’ para ‘brAA-(sf)’, o rating dos Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) da Série 2011-221 (Série Sênior) da 1ª Emissão da Brazilian Securities Companhia de Securitização (Brazilian Securities). A classificação possui perspectiva estável.